"At the end, no winner was declared in the face-off between pens and lenses. And that’s a good thing. Whether with a pen or a camera, the act of recording things visually forces us to pay attention to our surroundings. It helps us see things with new eyes when we take the time to look. And that’s all that matters." Gabriel Campanario, fundador dos Urban Sketchers​

10 novembro 2015

Parem de fotografar e desenhem em Museus ? Talvez não seja bem isso...


Caros Foto&Sketchers 2´´, partilho aqui um post deveras interessante para o nosso grupo "Museu Holandês pede a visitantes: parem de fotografar e desenhos os quadros".


Não, este texto não é para provocar os fotógrafos. Todos os que já foram aos encontros dos Foto&Sketchers 2´´ sabem que adoro dedicar-me à fotografia, já tendo participado em encontros apenas de smartphone e máquina fotográfica na mão. Já o disse várias vezes, acho muito importante haver fotógrafos "só fotógrafos" a participarem nos encontros deste grupo, pois é muito enriquecedor e é uma forma indirecta de chamarmos mais fotógrafos a virem divertir-se connosco.

Se as pessoas tirarem fotografias com o mesmo entusiasmo, carinho e dedicação com que os sketchers fazem os seus desenhos: observando as peças e o seu contexto na exposição e na história, reflectindo, pensando nos enquadramentos, nas cores, etc., fazendo uma selecção cuidada - sobretudo do que não querem incluir nas suas fotos - o efeito produzido em cada um dos Fotógrafos e/ou Sketchers é semelhante: usufruirmos dos espaços que visitamos - ou apenas de meia dúzia de peças a que nos dedicamos cuidadosamente -, trazermos connosco mais  histórias para contar sobre as peças, os locais e as actividades em que nos envolvemos e mais de aprendizagem através da auto-crítica positiva que devemos fazer dos nossos próprios trabalhos e dos nossos companheiros Fotógrafos e/ou Sketchers.

Deixo aqui a citação (ver topo do blog) do fundador dos Urban Sketchers internacional, Gabriel Campanario, que nos inspirou a criarmos este grupo Foto&Sketchers 2´´, a promovermos a Fotografia e o Sketching (Rabiscos de observação no local) e a integração dos participantes, sobretudo para cumprirmos os nossos principais objectivos: usufruir da cultura material e imaterial dos lugares que visitamos, conviver e divertir-nos o mais possível.

"At the end, no winner was declared in the face-off between pens and lenses. And that’s a good thing. Whether with a pen or a camera, the act of recording things visually forces us to pay attention to our surroundings. It helps us see things with new eyes when we take the time to look. And that’s all that matters." Por Gabriel Campanario, fundador dos Urban Sketchers​

Por Rita Caré, 2015

3 comentários:

  1. Gostei de ler o que o Gabi Campanario diz "It helps us see things with new eyes when we take the time to look" : o importante é saber olhar. O desenho promove isso de uma forma mais óbvia, mas a fotografia também pode. Felizmente, e temos no grupo quem o faça, há quem pare, olhe, fotografe. E os resultados têm sido espantosos ! Fico feliz por ver a Fotografia a ser tão bem "tratada" !

    ResponderEliminar
  2. Acho que entendi um pouco o objectivo da iniciativa, penso que está relacionada com a “banalidade” da fotografia, isto é o de fotografar por fotografar. Esse é um assunto que tem sido muito discutido. Eu até vou mais longe, a fotografia pode ter um óptimo enquadramento, boas cores, utilizar bem as técnicas, mas se não tiver uma história (e não é a do “coitadinho”), um conceito penso que é uma boa fotografia não é uma óptima fotografia. Não entendi é possível desenharem qualquer peça ou só as que foram seleccionadas. Os encontros dos Foto&Sketchers 2´´ pretende-se usufruir da cultura e haver convívio em redor da mesma, no entanto a escolha é individual. Para terminar o comentário, porquê que é que utilizaram no post uma fotografia e não um desenho.

    ResponderEliminar
  3. Ana, como no teu blogger aparece AF, assim ninguém sabe que és tu... Posso dizer que és a Ana Ferreira? ;-)
    Podes sempre assinar os comentários no fim com o teu nome.
    A iniciativa é óptima, mas no texto parece que é tudo "tudo ou nada"! E as coisas não são assim.
    O problema é que as pessoas tiram fotos a tudo e mais alguma coisa e não estão mesmo no lugar, não o apreciam o que está em seu redor, os objectos, o seu contexto e histórias (muitas vezes o museu também não as contextualiza e muito menos lhes conta a história, mas isso seria outro longo post...). Parece que as pessoas fazem colecções de lugares com os seus smartphones e pronto já podem dizer aos amigos que lá estiveram e têm milhares de fotos para comprovar! Mas não têm nada mesmo para contar, para dizer sobre o que experienciaram ou experimentaram mesmo (há exposições em que se pode fazer coisas: experiências, jogos, desenho, artes plásticas, etc.).
    Penso que é possível desenhar qualquer peça. Já foste bisbilhotar este link das dicas deles? https://www.rijksmuseum.nl/en/startdrawing/drawing-saturday - Eu ainda não li tudo direitinho, mas está guardado na pasta dos "TPCs".
    Finalmente acho lindo e provocatório o teu comentário sobre terem usado uma foto em vez de um desenho ;-)

    ResponderEliminar