"At the end, no winner was declared in the face-off between pens and lenses. And that’s a good thing. Whether with a pen or a camera, the act of recording things visually forces us to pay attention to our surroundings. It helps us see things with new eyes when we take the time to look. And that’s all that matters." Gabriel Campanario, fundador dos Urban Sketchers​

20 fevereiro 2016

No dia de tod@s @s Namorad@s, rabisquei um lindo par de aves raras...


e ainda outros bichos, tudo em desenho cego e semi-cego, porque não me dá agora para desenhos "sérios". Era para ter embelezado as "obras" com cores, mas depois o desejo passou-me. 

No final do dia pus-me a namorar com um leitão da bairrada falso, mas que soube tão bem que repeti a dose...

Sobre a nossa visita ao Aquário Vasco da Gama, escrevi uma longa reflexão em resposta ao post da Teresa Ruivo (publicado no seu próprio blog) e às minhas próprias "dores" emocionais que senti nesta visita. Espero que tenham paciência para ler. Foi muito importante para mim escrevê-lo. É "só" clicar AQUI...


Esta papagaia-do-mar tem um ar tão fofo e desalinhado... 


Três Alfaiates

Tubarão-martelo e Leitão "invisível" nas duas sandes... ;-)

3 comentários:

  1. adoreiiii! Traço cego ... sem vor ... colagens e o teu TEXTO! Senti-o, a cada palavra!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Vanda!!
    :D
    Ainda bem que pudeste ir e que o texto foi importante para ti!

    ResponderEliminar